12 mil vagas abertas para cursos presenciais gratuitos no Distrito Federal, nas áreas de vendas, indústria, agronegócio, serviços e saúde

O Distrito Federal está com cerca de 12 mil vagas abertas para cursos presenciais gratuitos nas mais variadas áreas de conhecimento. As oportunidades estão distribuídas em 50 cursos gratuitos.

O governo do Distrito Federal, através da Secretaria de Estado de Trabalho do Estado, está com inscrições abertas para o programa qualifica DF. Ao total são cerca de 12 mil vagas voltadas para cursos presenciais gratuitos no estado com foco em áreas como vendas de Agronegócios, serviços industriais e saúde. Os interessados tem até o dia 3 do próximo mês para se inscreverem. As vagas estão distribuídas em 50 cursos de qualificação profissional que preparam os alunos para que possam atuar nos mais variados cargos no mercado de trabalho.

Quais cursos gratuitos presenciais estão sendo disponibilizados pelo Distrito Federal?

O projeto será realizado em oito polos que são: Gama, Guará, Ceilândia, núcleo bandeirante, Planaltina, Paranoá, Sobradinho II e no Plano Piloto.

Os cursos de qualificação profissional do projeto contam com uma carga horária de 240 horas, sendo assim são classificados como de curta duração. As aulas serão ministradas de forma presencial no turno matutino, vespertino ou noturno. Os cursos disponíveis no Distrito Federal são:

  • Jardinagem e Paisagismo;          
  • Agricultura Básica e Fruticultura;         
  • Mecanização Agrícola;  
  • Assistente Administrativo;         
  • Auxiliar de Recursos Humanos; 
  • Auxiliar de Contabilidade;         
  • Almoxarife e Estoquista (Armazenista); 
  • Auxiliar de Serviços de Documentação, Informação e Pesquisa;
  • Auxiliar em Secretariado;          
  • Designer Gráfico Básico (WEB);           
  • Operador de Microcomputador (Avançado Excel/Word);
  • Operador de Telemarketing;
  • Operador de Caixa de Supermercado;    
  • Promotor de Vendas;     
  • Recepcionista;
  • Atendente de Consultório Médico/ Dentário;
  • Atendente de Farmácia; 
  • Cabeleireiro;     
  • Maquiagem e Design de Sobrancelhas;  
  • Manicure e Pedicure     Ensino fundamental;
  • Estética Facial e Corporal/ Massagem Terapêutica;          
  • Cuidador de Idosos;      
  • Cuidador Infantil (Baby-sitter);  
  • Garçom /Barmam/ Barista;        
  • Auxiliar de Cozinha (Cozinheiro Básico / Sushiman);     
  • Açougueiro;      
  • Camareiro;
  • Supervisor de Hospedagem;      
  • Gerente de Restaurante;
  • Orientador de Turismo (Operador de Turismo);
  • Porteiro Predial;
  • Manutenção de Equipamentos de Informática;     
  • Operador de Rede de Teleprocessamento;
  • Técnico de Desenvolvimento de Sistemas e Aplicações; 
  • Robótica;          
  • Panificação, Confeitaria, Salgadeiro e Pizzaiolo;
  • Refrigeração e Ar Condicionado;           
  • Sistema Eletroeletrônicos de Segurança (CFTV);
  • Piscineiro (Instalação e Manutenção);    
  • Bombeiro hidráulico;    
  • Eletricista Predial;         
  • Eletricista de Sistemas Fotovoltaicos;     
  • Carpinteiro;     
  • Pedreiro;          
  • Ladrilheiro (Processo de Construção a Seco – Drywall);
  • Soldador/Serralheiro;    
  • Mecânica de Autos (Básica);     
  • Mecânica de Motocicletas e afins;
  • Corte de Costura.

Estudantes do programa contam com diversos benefícios

Cada um dos cursos presenciais gratuitos contam com uma escolaridade mínima, requisitos, quantidade de vagas e localidades específicas.

Para se tornar aluno de recepcionista, por exemplo, é necessário contar com ensino médio completo, já para aqueles que buscam o curso de garçom devem possuir apenas ensino fundamental completo. Além da formação disponibilizada pelo Distrito Federal os alunos ainda contarão com diversos benefícios como uniforme, vale-transporte, material escolar, lanche e seguro contra acidentes.

Saiba como se inscrever nos cursos presenciais gratuitos do DF

Os interessados devem realizar a inscrição de forma exclusiva pelo site oficial. As inscrições começaram no dia 16 de março e serão finalizadas no dia 3 de abril.

No site da secretaria do trabalho é necessário que o candidato preencha o formulário eletrônico com dados pessoais como CPF, nome completo, e-mail, telefone, endereço, entre outros. Para participar do processo de seleção é necessário ter idade mínima de 16 anos, apresentar comprovante de residência e ser brasileiro nato ou naturalizado.

O processo seletivo tem como base nas condições de vulnerabilidade socioeconômicas dos candidatos. Caso a quantidade de inscritos seja maior que o total de vagas disponíveis, o programa desenvolverá uma lista de espera.

A projeção é que o resultado com o nome daqueles que foram aprovados seja divulgado a partir do dia 6 de Abril e o prazo para apresentar todos os documentos e realizar a matrícula será até o dia 9 do mesmo mês. Já as aulas dos cursos presenciais gratuitos estão previstas para começarem no dia 18 de abril.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Escreva um Comentário