Como Trabalhar em Portugal: Visto, Salários, Carreira e Muito Mais

Portugal é um dos principais destinos escolhidos pelos brasileiros que desejam se mudar, e se este local também é sua escolha, veja aqui como trabalhar em Portugal.

Assim como aconteceu no mundo todo, houve um aumento da taxa de desemprego também em Portugal. Porém, segundo as previsões econômicas da União Europeia, a taxa de desemprego foi de 8,6% em 2021 e diminuirá para 8%, neste ano. 

No entanto, o país adotou diversas medidas para acelerar a volta de sua economia, como, por exemplo, tornou-se o primeiro lugar do ranking mundial de pessoas vacinadas contra a covid-19.

Deste modo, a situação é positiva, comparada aos anos anteriores, a recuperação da economia e a criação de novos empregos tem sido crescente no país lusitano.

Além disso, é interessante saber que ainda há mais de 70 mil postos de trabalho para preencher nas áreas de turismo, hotelaria, cafés e restaurantes.

Então, se você tem interesse ou quer saber mais sobre trabalhar em Portugal, qual visto é preciso, quanto é o salário, as vagas disponíveis e carreiras de lá, confira todas essas informações aqui. 

Veja Também: Custo de vida em Portugal: Quanto é preciso para viver no país em 2022

Brasileiros conseguem trabalhar em Portugal?

Trabalhar em Portugal

Sim, é claro que brasileiros conseguem trabalhar em Portugal, mas, assim como aqui, o mercado de trabalho é competitivo também, por isso, para concorrer às vagas é preciso ter experiência, competências e um bom currículo profissional.

Apesar de existir vagas em todas as áreas para brasileiros, existem algumas em que é exigido a validação do diploma para exercer a profissão no país, como é o caso da área de saúde, por exemplo.

Outro fator importante e considerado na escolha dos candidatos para vagas de emprego é o conhecimento do idioma, ou seja, o mercado é exigente, por isso, é necessário saber falar inglês ou espanhol, principalmente para vagas de emprego em bares e restaurantes.

Uma das áreas que encontram sempre vagas disponíveis é na área de TI (Tecnologia de Informação), mas salões de beleza, padarias, cafés, restaurantes e entregas também estão sempre precisando de trabalhadores.

Portanto, se o seu sonho é trabalhar em Portugal, basta se preparar antes de mudar de país, correr atrás da vaga sonhada, tirar o visto necessário e pesquisar o mercado que, certamente, logo conquistará seu cargo.

Quanto é o salário em Portugal?

O salário mínimo teve um aumento aprovado no fim de 2021 de 40,00 €, ficando no valor de 705,00 €. Desta maneira, Portugal se encontra em 11.º lugar dos países da União Europeia com um dos salários mínimos mais baixos. 

Entretanto, os planos do governo português são de aumento do salário mínimo para €750,00 até 2023. Pois, infelizmente, um salário mínimo não é o suficiente para sustentar uma família, mesmo assim, cerca de 750 mil habitantes ganham esse valor no país.

Já o valor do salário médio em Portugal aumentou para € 1.326,00 bruto, segundo o INE (Instituto Nacional de Estatística). Isto é, ganham este valor os profissionais com formação superior ou formação técnica na área.

Contudo, é válido lembrar que, assim como no Brasil, o valor dos salários mudam conforme os cargos. Assim sendo, confira o valor médio dos salários de algumas profissões em Portugal:

  • Vendedor: € 703,00
  • Garçom:  € 679,00
  • Secretária:  € 759,00
  • Ajudante de cozinha:  € 721,00
  • Cabeleireiro:  € 1.051,00
  • Soldador:  € 1.200,00
  • Motorista de caminhão:  € 1.500,00

O que é preciso para trabalhar em Portugal?

Primeiramente, para conseguir trabalhar em Portugal é preciso estar legalizado no país. Para isso, tem duas maneiras: ou você possui cidadania europeia e assim pode morar, trabalhar e viver tranquilamente em Portugal como em qualquer outro país da Europa.

No entanto, se este não é o seu caso, a outra maneira é conseguir um visto. Assim, para ter o visto e poder morar legalmente em Portugal, você precisa tirá-lo ainda no Brasil.

Deste modo, para conseguir o seu visto, o primeiro passo é já ter um emprego em Portugal. Ou seja, primeiro é preciso já ter conseguido um emprego lá, então, com seu contrato de trabalho conseguirá tirar seu visto.

Este visto é chamado visto tradicional para o trabalho, mas existem outras categorias de visto, como o Tech Visa, especialmente para profissionais da tecnologia e o Visto D2, para empreendedores e freelancers

Em síntese, não é recomendado que você se mude para Portugal sem um visto ou sem um trabalho. Existem pessoas que vão para o país como turistas e lá conseguem um trabalho e depois tentam tirar o visto, mas essa não é a maneira correta e dificilmente dará certo.

Por isso, o primeiro passo, certamente, é conseguir uma vaga de emprego e somente após isso pedir o visto para legalizar-se no país. 

Então, para solicitar o visto é preciso apresentar um contrato de trabalho ou então uma carta de promessa de trabalho e, então, basta pedir o visto no Centro de Solicitação de Visto mais próximo. 

Vale ressaltar que não se pode trabalhar em Portugal com o visto de turista, embora algumas empresas ofereçam empregos deste modo, saiba não haver direitos garantidos nem benefícios, ou seja, é um trabalho ilegal.

Vagas e carreiras para trabalhar em Portugal

O setor de serviços é um dos que mais ofertam vagas de emprego para brasileiros, principalmente em cargos que não exigem ensino superior ou curso técnico.

Mas, para aqueles que desejam trabalhar em Portugal e possuem formação técnica e pretendem atuar em sua área, as opções mais favoráveis são Tecnologia da Informação, Vendas, Saúde e Estética, Construção Civil, Marketing, Finanças e Recursos Humanos.

Em outras palavras, existem vagas em diversas áreas para brasileiros, mas a verdade é que algumas empresas optam pelos nativos, já que não precisam lidar com vistos. Contudo, o currículo ainda conta muitos pontos. 

Então, se você possui experiência, fala outro idioma, tem cursos profissionalizantes extras em sua área, certamente, leva preferência até mesmo entre os portugueses.

Reforçamos ainda que a profissão mais procurada por lá e também com maior chance de crescer sua carreira profissional são os Técnicos de Informação (TI). Porém, os brasileiros são preferidos nas áreas de comunicação e venda. 

Pois, segundo os lusitanos, os brasileiros possuem mais facilidade para vender produtos. Desta maneira, procurar vagas no comércio é uma boa alternativa.

Onde encontrar vagas de emprego em Portugal

Certo, você já entendeu ser possível trabalhar em Portugal legalmente, basta ter seu visto tradicional de trabalho. Mas, como mencionado, antes de solicitar seu visto é necessário já ter um emprego.

Então, como encontrar um emprego em Portugal morando no Brasil? 

A maneira mais fácil de começar a trabalhar em Portugal é encontrar vagas disponíveis nos sites de emprego de Portugal. Então, confira os principais portais para fazer uma busca de vagas:

Essas plataformas disponibilizam frequentemente vagas de emprego, então, fique de olho nas oportunidades, se cadastre nos sites e envie seu currículo para os cargos disponíveis. Não esqueça de caprichar em seu currículo!

No entanto, use também outras ferramentas disponíveis para procurar emprego, como  grupos de Facebook e no LinkedIn. . 

Além disso, existem também assessorias e até mesmo empresas especializadas em recolocação profissional no país. Os serviços são pagos, mas para quem está totalmente perdido ou ainda para quem ocupa cargos elevados esta pode ser a melhor alternativa.

Trabalhar em Portugal: Dicas Finais

Como você viu, trabalhar em Portugal é perfeitamente possível mesmo sendo brasileiro, basta uma boa dose de pesquisa, realizar a procura de vaga disponível e muito esforço para conseguir o cargo desejado na terrinha lusitana.

Contudo, como todo emprego, existem vantagens e desvantagens. Por exemplo, certamente receber em euros é uma grande vantagem e trabalhar em Portugal abre as portas para o mercado europeu. Além disso, adicionar uma experiência internacional no currículo alavanca sua carreira profissional.

Por outro lado, os salários de Portugal são um dos mais baixos da União Europeia. Assim como, é necessário entender as leis trabalhistas de lá, pois diferem das brasileiras e ainda é preciso ter um currículo mais atrativo que os nativos para concorrer aos cargos.

Mas, se este é realmente seu objetivo, o primeiro passo você já deu: iniciar a pesquisa. Agora basta encontrar sua vaga. Não esqueça de realizar cursos profissionalizantes, pois assim estará turbinando seu currículo.

Por fim, se este artigo te ajudou e você quer saber mais sobre o mercado de trabalho, cursos profissionalizantes ou vagas disponíveis, veja mais em nosso site Classificados de Emprego

 

Escreva um Comentário