Edital do Concurso Perícia Oficial AL Saiu e Terá Remuneração de Até 9mil; Veja Detalhes

O edital do concurso Perícia Oficial AL foi publicado oficialmente no Diário Oficial do Estado na manhã desta quinta-feira (28), sendo que o certame irá ofertar 242 vagas imediatas e também irá selecionar candidatos para formação de cadastro reserva.

As oportunidades são para os níveis médio e superior, sendo que os interessados poderão fazer suas inscrições entre os dias 16 de maio e 24 de junho de 2022. Já as provas objetivas serão aplicadas no dia 31 de julho para todos os cargos.

A banca selecionada para organizar o certame será o Cebraspe, que já possui ampla experiência neste segmento por já ter organizado diversos outros concursos. Para saber mais detalhes sobre o edital e sobre as taxas de inscrição, continue a sua leitura.

Conheça os cargos

No total, o concurso Perícia Oficial AL estará selecionando candidatos para 17 cargos específicos, sendo que cada um deles possui seus próprios pré-requisitos. Conheça os cargos na lista que preparamos logo abaixo:

  1. Papiloscopista (22 vagas);
  2. Perito Criminal em especialidade de Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Tecnologia do Processamento de Dados, Informática, Sistemas de Informação e Engenharia de Software (8 vagas);
  3. Perito Criminal em especialidade de Ciências Biológicas e Biomedicina (4 vagas);
  4. Perito Criminal em especialidade de Ciências Econômicas, Ciências Contábeis e Administração de Empresas (4 vagas);
  5. Perito Criminal em especialidade de Direito (4 vagas);
  6. Perito Criminal em especialidade de Engenharia Civil (6 vagas);
  7. Perito Criminal em especialidade de Engenharia Eletrônica, Engenharia Elétrica, Engenharia de Redes de Telecomunicação e Engenharia de Redes de Comunicação (4 vagas);
  8. Perito Criminal em especialidade de Mecatrônica e Engenharia Mecânica (6 vagas);
  9. Perito Criminal em especialidade de Bioquímica, Engenharia Química, Química e Química Industrial (8 vagas);
  10. Perito Criminal em especialidade de Farmácia (8 vagas);
  11. Perito Criminal em especialidade de Física (2 vagas);
  12. Perito Criminal em especialidade de Fonoaudiologia; (2 vagas);
  13. Perito Criminal em especialidade de Mineralogia, Geologia, Engenharia de Agrimensura, Engenharia Agronômica e Engenharia Florestal (4 vagas);
  14. Perito Médico-Legista (42 vagas);
  15. Perito Odontolegista (10 vagas);
  16. Auxiliar de Perícia (80 vagas);
  17. Técnico Forense (28 vagas).

Vale destacar ainda que as vagas serão divididas em ampla concorrência e PCD, conforme consta no edital. Já a remuneração ofertada para os selecionados através do concurso irá variar entre R$2.760,83 e R$9,646,81.

Edital do Concurso Pericia Oficial AL

Fonte: Reprodução Internet

Sobre a prova objetiva

As provas objetivas serão aplicadas para todos no dia 31 de julho e terá duração completa de 4h30min para cargos de nível superior e de 3h30min para cargos de nível médio, mas os locais onde acontecerão os exames ainda não foram divulgados.

Sabe-se ainda que as provas dos cargos de nível superior acontecerão no período da manhã, enquanto as provas dos cargos de nível médio serão realizadas no turno da tarde. Veja logo abaixo quais serão as disciplinas cobradas no concurso Perícia Oficial AL:

Papiloscopista

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Raciocínio Lógico: 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais/Atualidades: 5 questões;
  • Criminalística: 20 questões;
  • Noções de Medicina Legal: 20 questões;
  • Noções de Direito Penal: 10 questões;
  • Noções de Direito Processual penal: 10 questões;
  • Noções de Direito Administrativo: 5 questões;
  • Noções de Direito Constitucional: 5 questões;
  • Matemática: 5 questões;
  • Biologia: 10 questões;
  • Química: 10 questões.

Perito Criminal

  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Raciocínio Lógico: 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais/Atualidades: 5 questões;
  • Criminalística: 10 questões;
  • Noções de Medicina Legal: 10 questões;
  • Noções de Direito Penal: 10 questões;
  • Noções de Direito Processual Penal, Direito Administrativo e Direito Constitucional: 5 questões cada.

Médico Legista

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Raciocínio Lógico: 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais/Atualidades: 5 questões;
  • Criminalística: 15 questões;
  • Noções de Direito Penal, Processual Penal, Direito Administrativo e Direito Constitucional: 5 questões cada.

Perito Odontolegista

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Raciocínio Lógico: 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais/Atualidades: 5 questões;
  • Criminalística: 15 questões;
  • Noções de Direito Penal, Processual Penal, Direito Administrativo e Direito Constitucional: 5 questões cada.

Técnico Forense e Auxiliar de Perícia

  • Língua Portuguesa: 10 questões;
  • Noções de Informática: 5 questões;
  • Raciocínio Lógico: 5 questões;
  • Conhecimentos Gerais/Atualidades: 5 questões;
  • Criminalística: 10 questões;
  • Noções de Medicina Legal: 15 questões;
  • Noções de Direito Penal, Processual Penal, Direito Administrativo e Direito Constitucional: 5 questões cada.

Inscrições do concurso Perícia Oficial AL

Aqueles que estiverem interessados pelos cargos do concurso Perícia Oficial AL deverão se inscrever através do site oficial do Cebraspe entre os dias 16 de maio de 24 de junho.

Na referida data, será disponibilizado um formulário que deve ser preenchido com muita atenção pelos candidatos e antes de fazer a inscrição, há uma recomendação ampla de que todos façam a leitura completa do edital na íntegra.

Após a conclusão e a validação da inscrição, os candidatos ainda deverão frequentar o portal a fim de acompanhar a divulgação de locais e horários de prova, que ainda não foram mencionados por meios oficiais.

Taxa de inscrição

Assim como outros concursos públicos, o concurso Perícia Oficial AL exige o pagamento de uma taxa de inscrição específica que será de R$95,00 no caso de cargos de nível médio e de R$200,00 no caso de cargos de nível superior.

Os candidatos que forem amparados pela Lei Estadual nº 6.873, de 10 de outubro de 2007, regulamentada pelo Decreto Estadual nº 3.972, de 30 de janeiro de 2008, e pela Lei Estadual nº 7.858, de 28 de dezembro de 2016, poderão solicitar a isenção.

Escreva um Comentário