Empréstimo consignado Auxílio Brasil: Veja quando o crédito será liberado para beneficiários; Como fazer empréstimo no Auxílio Brasil

Milhares de pessoas estão aguardando o Empréstimo Consignado Auxílio Brasil que teve sua Medida Provisória anunciada em Março. A data está mais próxima do que nunca e trouxemos informações com exclusividade para aqueles que desejam saber como fazer empréstimo no Auxílio Brasil, confira!

Aguardado por milhares de beneficiários do Auxílio Brasil, o empréstimo consignado Auxílio Brasil sofreu algumas novas alterações. O empréstimo consignado do programa foi anunciado no dia 17 de março por meio da Medida Provisória 1.106, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. É importante ressaltar que ainda não é possível contratar o crédito na prática, por conta da falta de regulamentações, entretanto, a boa notícia é que o Senado Federal avaliará a liberação do empréstimo Auxílio Brasil já nos próximos dias. Serão acertados ainda o valor dos juros mensais e a forma de pagamento mediante a exclusão do programa.

Como funcionará o empréstimo consignado Auxílio Brasil?

O empréstimo Auxílio Brasil funcionará por meio da modalidade de crédito consignado, isto é, o valor do empréstimo consignado Auxílio Brasil será descontado do próprio benefício.

Sendo assim, essa modalidade também contemplará aqueles que compõem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ao que tudo indica, as regras para o empréstimo ainda não foram acertadas, pois a pasta responsável pelos pagamentos do benefício ainda aguardava a decisão da medida provisória que fixa o valor mínimo de R$ 400, aprovada por senadores no início do mês de maio. 

Para se entender melhor, o ministério estava receoso sobre as alterações que os parlamentares poderiam fazer no texto sobre o Auxílio Brasil, modificando o sistema de consignado do programa.

Não houve alterações, dando espaço para regulamentação dos empréstimos por parte da pasta. Entretanto, a possibilidade ainda aguarda a decisão do presidente para que possa começar a valer, tendo em vista que o mesmo pode vetar ou sancionar a proposta.

Quando o empréstimo consignado Auxílio Brasil será  liberado?

O valor do empréstimo consignado Auxílio Brasil poderá comprometer até 40% do benefício. Desses 40% é possível utilizar 5% para amortização de dívidas no cartão ou saque.

O empréstimo BPC e o Auxílio Brasil concederão um prazo de pagamento de até 4 anos, além de juros mais baixos, indo em torno de 2%. Não será necessário realizar nenhuma avaliação de risco de crédito e todos os bancos poderão disponibilizar o empréstimo.

Como dito anteriormente, o benefício do empréstimo ainda não foi liberado, entretanto o Senado Federal analisará, nesta segunda-feira (16), a Medida Provisória (MP) que viabiliza o crédito.

De acordo com Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, a MP deve ser aprovada sem nenhuma alteração. Logo após, aguardará a sanção ou vetação do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Como fazer o empréstimo Auxílio Brasil?

Assim que a Medida Provisória for aprovada, uma instrução normativa deve ser publicada para que sejam definidas as datas e o limite de valores do empréstimo consignado Auxílio Brasil.

Em conjunto, também serão divulgados dados sobre os procedimentos necessários para que o empréstimo seja solicitado e sobre aqueles que podem fazer o empréstimo.

Tendo em vista que a modalidade conta com uma garantia, não haverá nenhuma análise de crédito, como citado anteriormente, tornando possível que até mesmo cidadãos com o nome sujo possam participar da oferta. O único critério para pedir os empréstimos é estar entre os aprovados no auxílio.

De acordo com o texto da MP, beneficiários do programa podem comprometer até 40% do valor pago pelo programa, isto é, as parcelas devem ter um valor máximo de até R$ 160, tendo em vista que o valor pago pelo auxílio Brasil é de R$ 400.

Aqueles que estiverem interessados em se inscrever no Auxílio Brasil devem estar inscritos no CadÚnico. Vale ressaltar que aqueles que não estão inscritos devem comparecer em um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), para a efetivação do registro, entretanto, não há nenhuma garantia de que receberá.

Aqueles que desejam ter informações mais detalhadas, podem ligar para o telefone do Ministério da Cidadania, por meio do número 121 e saber se terão direito ao programa.

Escreva um Comentário