Escola de Gastronomia Social disponibiliza 140 vagas em cursos gratuitos presenciais no Ceará

A Escola de Gastronomia Social do Ceará está oferecendo 140 vagas em cursos gratuitos presenciais para jovens de 18 a 29 anos que desejam aprender mais sobre técnicas culinárias e pratos típicos do estado.

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB), equipamento da Secretaria de Cultura do Ceará que é gerido pelo Instituto Dragão do Mar, anunciou nesta terça-feira (03) a abertura das inscrições para seu processo seletivo de cursos gratuitos presenciais profissionalizantes. Há oportunidades como Cozinha Básica, Confeitaria e Panificação. As inscrições foram abertas nesta terça, através do site da Escola de Gastronomia Social e serão fechadas já no dia 10 deste mês. Ao total, são 140 vagas abertas entre os três cursos gratuitos no Ceará nos turnos manhã e tarde.

Saiba todos os detalhes sobre os cursos gratuitos presenciais da Escola de Gastronomia Social no Ceará

Todos os cursos presenciais possuem carga horária de 260 horas. De acordo com a superintendente da Escola de Gastronomia Social, Selene Penaforte, as oportunidades geram novas chances para que jovens iniciem uma nova carreira na área de alimentos com conhecimentos que ultrapassam as técnicas de cozinhas.

Os cursos gratuitos presenciais também disponibilizam aos alunos conteúdos que envolvem a cultura alimentar do Ceará, a valorização de seus ingredientes e o modo de cozinhar.

Cozinha Básica

Neste curso, os alunos aprenderão quais são as principais panelas, utensílios e fôrmas mais utilizadas na cozinha. Também aprenderão sobre as facas, quais são as mais utilizadas e como afiá-las corretamente. Cortes básicos que estão presentes na maioria das receitas, tanto de vegetais como cebola, alho, tomate quanto de carnes de boi, peixe e porco.

Confeitaria

Nesta formação, haverão aulas expositivas, manipulação de alimentos, noções de higiene, preparo de Petit Fours e Cookies, decoração e forneamento, produção de massas, técnicas de preparo e vários outros conteúdos. 

Panificação

Neste curso os alunos aprenderão quais são os ingredientes mais utilizados na panificação, como realizar cálculos de balanceamento de massas, recomendações de higiene e conservação ideal de alimentos e as principais receitas de pães e recheios.

Realize a sua inscrição nos cursos gratuitos presenciais do Ceará

Se você se interessou e deseja participar dos cursos gratuitos presenciais da Escola de Gastronomia Social deve acessar o site da instituição.

Na página de inscrição, selecione a formação desejada e preencha algumas informações como a Unidade desejada. Os horários disponíveis são de segunda a sexta-feira das 8h30 às 12h ou das 13h30 às 17h. Também serão necessários alguns dados pessoais como CPF, Nome Completo, Data de Nascimento, Gênero, Telefone, E-mail, RG, Raça, CEP, entre outros.

O público alvo dos cursos gratuitos presenciais da Escola de Gastronomia Social são jovens de 18 a 29 anos que estão em situação de vulnerabilidade social ou que estão inseridos em ações afirmativas.

Para concorrer ao processo seletivo, os interessados devem ter a partir de 18 anos, ensino fundamental completo, residir no Ceará e estar disponível por quatro meses, de segunda a sexta, no turno escolhido.

Após o processo de inscrição feito no site da instituição, o processo seletivo será seguido de avaliação do perfil dos candidatos e uma entrevista presencial que acontecerá na unidade. As aulas estão previstas para iniciarem já no dia 1º de junho. Aqueles que ainda possuem dúvidas podem acessar outras informações sobre o processo seletivo no Edital publicado pela Escola de Gastronomia Social. 

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Sobre a instituição

A EGSIDB é gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM) e compõe o Cultura em Rede, programa da Secult Ceará que conta com ações e políticas culturais na sua rede de equipamentos públicos.

O centro de formação, inaugurado em 2018 no bairro Cais do Porto, na Capital do Ceará, é um espaço formativo que associa ensino, pesquisa e compromisso social, reconhecendo os diversos tipos de saberes, a riqueza da forma de se alimentar do cearense, a cadeia de produção, fomentando o empreendedorismo social, promovendo a inovação de produtos, qualificando para o mercado de trabalho e contribuindo para o combate à fome, através de cursos gratuitos de curta e longa duração, que acontecem na sede da Escola e no interior do Estado.

Escreva um Comentário