EUA abre mais de 60 mil vagas de emprego e está facilitando solicitação de vistos para brasileiros

Os EUA estão se recuperando da pandemia, entretanto, ainda há uma escassez enorme no setor de transporte. Para cobrir esse ‘rombo’, o país está facilitando a solicitação de vistos para estrangeiros, principalmente brasileiros 

Com os impactos negativos gerados pela pandemia, os Estados Unidos estão facilitando a solicitação de visto para oferecer diversas vagas de emprego para residentes de outros países, incluindo o Brasil. As oportunidades são voltadas para as áreas de transportes e logísticas. Os impactos geraram uma grande escassez na mão de obra desses setores, isso porque durante o período vários motoristas abandonaram seus postos de trabalho.

Diversos caminhoneiros são demitidos nos EUA

Mais de 60 mil caminhoneiros tiveram que ser demitidos no país fazendo com que surgisse uma crise jamais vista pelos norte-americanos. Esse cenário surpreendente fez com que várias empresas fossem em busca de profissionais de outros países para a realização dos trabalhos. Fazendo com que o governo dos EUA começasse a facilitar a solicitação de visto para trabalhadores que operam nesse setor.

De acordo com o Daniel Toledo, advogado que atua no setor de direito internacional, fundador da empresa Toledo e Associados e sócio do LeeToledo PLLC, um escritório de advocacia com unidades nos Estados Unidos e no Brasil, a realidade de falta de mão de obra no setor é muito sentida no país.

Toledo afirma que a falta de motoristas de caminhão nos EUA é grande e, por isso, é possível observar no país diversas carretas nas estradas com placas escritas em suas traseiras “estamos contratando”. Grandes empresas do e-commerce como a Amazon e o Walmart são as mais impactadas pela ausência de profissionais para preencher as vagas de emprego.

EUA abre mais de 60 mil vagas de emprego

Fonte: Reprodução Internet

Candidatos devem ter carteira de motorista comercial para poder atuar nos EUA

De acordo com o especialista em direito internacional o ideal para os brasileiros que planejam trabalhar nos EUA, é possuir o visto EB-3, o que torna possível o trabalho com concessão do Green Card, entretanto é necessário ter muita atenção na hora de pedir a solicitação de visto, sabendo que há duas modalidades de visto: skilled e unskilled.

Nessa primeira, aqueles que buscam vagas de empregos devem possuir dois anos de experiência atuando no setor desejado mostrando que são capazes de exercer o cargo.

Já a segunda não exige nenhuma experiência anterior, mas é essencial que a pessoa esteja fisicamente apta para começar a atuar no cargo.

Antes de se candidatar às vagas de emprego nos EUA, os brasileiros devem possuir carteira de motorista comercial, que é um tipo de documento especial onde até mesmo a empresa poderá contribuir para que o trabalhador obtenha-o.

De acordo com Toledo, os candidatos não tiram essa carteira do dia para noite, fazendo com que isso possa ser um desafio para que a empresa finalize a contratação do profissional.

Assim como a solicitação de visto, a carteira de motorista comercial é trabalhosa e em algum dos casos a aprovação pode durar meses, o que algumas empresas não estão dispostas a esperar, sendo assim é necessário começar todos os procedimentos para candidatura de vagas de emprego nos EUA quando estiver totalmente preparado.

Também é necessário possuir uma reserva monetária enquanto aguarda a solicitação de visto ser aprovada para não correr riscos com gastos imprevistos.

Mercado europeu também oferece vagas de emprego para estrangeiros

Assim como nos Estados Unidos, a Europa também está retomando sua economia após a pandemia e mostra que está precisando de mão de obra para o transporte de veículos pesados, que se alia com a questão no controle de imigração que, diferente da nossa cultura, estrangeiros não são tão bem vistos. E se você acha que no Brasil isso acontece muito, no exterior o caso é bem mais sério.

Há escassez de motoristas para transporte de mudanças, alimentos, combustíveis e até toda a cadeia de suprimentos do Reino Unido, de acordo com dados do próprio Ministério do trabalho europeu. A escassez de motoristas está na casa dos 100 mil, onde 10 mil desses são para vagas de empregos de início imediato nas empresas.

Escreva um Comentário