O que faz um técnico em mecânica, e qual a média salarial?

Descubra aqui o que faz um técnico em mecânica, quanto ganha este profissional e como ter um salário melhor exercendo essa profissão.

O Técnico em Mecânica é uma profissão em alta no mercado de trabalho. Pois, conforme os dados do Novo Cadeg, em um comparativo entre os meses de dezembro de 2020 e novembro de 2021, ocorreu um aumento de 25,15% nas contratações deste profissional.

Além disso, o Técnico em Mecânica é uma das profissões de nível médio mais valorizada e procurada do país, visto que o curso ainda pode ser feito simultaneamente ao ensino médio ou após a sua conclusão.

Então, se você quer saber o que faz um Técnico em Mecânica, quais suas principais funções, a área de atuação e a média salarial deste profissional, continue a leitura deste artigo.

O que faz um Técnico em Mecânica

o que faz um tecnico em mecanica

O que faz um técnico em mecânica

De maneira geral, o Técnico em Mecânica atua na fabricação, instalação e montagem de diversos tipos de máquinas e equipamentos.

As opções de trabalho para o Técnico são amplas, ou seja, este profissional pode trabalhar em organizações industriais dos mais variados segmentos, assim como em laboratório de controle de qualidade, manutenção e pesquisa ou empresas de prestação de serviço do setor metal mecânico.

Desta forma, as atividades de um Técnico em Mecânica variam conforme o ambiente de trabalho, veja as principais:

  • Desenvolver projetos de automação;
  • fazer demonstração de produto;
  • realizar testes de funcionamento;
  • manter o ambiente de trabalho em condição segura;
  • analisar orçamentos;
  • propor alterações em processos de montagem;
  • elaborar orçamentos;
  • providenciar peças e materiais de reposição;
  • detectar falhas em projetos;
  • liderar equipes;
  • interagir com pessoas;
  • agir com criatividade.

Principais funções

Como mencionamos, as atividades exercidas pelo Técnico em Manutenção variam conforme seu local de trabalho. Isto é, mais do que ser capaz de conduzir um processo de instalação e manutenção de máquinas e equipamentos, o Técnico em Mecânica também atua:

  • Demonstrando competências pessoais;
  • Planejando manutenção;
  • Realizando vendas técnicas;
  • Elaborando projetos de sistemas eletromecânicos;
  • Cumprindo normas de segurança e ambientais;
  • Montando máquinas e equipamento;
  • Executando manutenção;
  • Elaborando documentação técnica;
  • Entre outras.

Enfim, as funções dependem do ambiente de trabalho. Deste modo, há alguns setores que demandam mais este tipo de profissionais, como os serviços de engenharia, as obras de montagem industrial, o comércio e varejo de peças e acessórios para veículos.

Perfil profissional de um técnico em mecânica

Geralmente, a versatilidade e a agilidade são habilidades que fazem parte da rotina deste profissional. 

Pois, o mercado precisa de profissionais que sejam ágeis para resolver os mais variados tipos de problemas, ou seja, precisam de profissionais que facilitem os processos e inovem em suas soluções.

Vale ressaltar ainda que este profissional não trabalha sozinho, ou seja, ele executa um trabalho em equipe com outros profissionais formados na mesma área e também em parceria com profissionais de outras áreas.

Deste modo, saber trabalhar em equipe é fundamental para todo Técnico em Mecânica. Além disso, por se tratar de uma profissão que executa projetos de máquinas, gostar de matemática, desenhos e desafios pode ser um diferencial.

Contudo, ter uma boa comunicação também é um ponto a se considerar. Afinal, o Técnico em Mecânica precisa transmitir de maneira fácil e correta seus procedimentos, relatórios e técnicas.

Mas, não se preocupe caso você não tenha essas habilidades, porque isto tudo é aprendido durante sua formação.

Média Salarial

Mas, afinal, quanto ganha um técnico em mecânica?

O salário do Técnico em Mecânica também varia conforme a empresa que ele se encontra. Porém, podemos consultar uma média salarial conforme os níveis desta profissão:

  • Nível 1:  até 4 anos de experiência profissional;
  • Nível 2: de 4 a 6 anos de experiência profissional;
  • Nível 3: acima de 6 anos de experiência profissional.

Assim sendo, um Técnico em Mecânica no nível 1 ganha, em média,  R $2.658,72. No nível 2, ganha cerca de R $3.007,63 enquanto no nível 3, a média salarial é de R $3.612,85.

Entretanto, o porte da empresa é outro fator que influencia na média salarial do Técnico em Mecânica, ou seja, empresas de grande porte costumam pagar mais, podendo chegar a mais de R$4.000.

Áreas de atuação

Uma das principais dúvidas de quem deseja se tornar um Técnico em Mecânica é saber onde poderá exercer sua atividade, não é?

Para essas pessoas, a notícia é boa, porque o mercado para esta função é amplo e bastante diverso.

Além disso, uma pesquisa realizada pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) em parceria com o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) afirma que 70% dos recém formados no curso Técnico conseguem um emprego rapidamente.

Pois, o Técnico em Mecânica, além de atuar nos setores operacionais, como indústrias e oficinas também podem realizar consultorias na sua área. Confira as principais áreas de atuação a seguir:

  • Oficinas mecânicas;
  • Concessionárias;
  • Assessoria de projetos mecânicos;
  • Montadoras de máquinas e transporte;
  • Laboratórios de controle de qualidade;
  • Fábricas de equipamentos mecânicos;
  • Empresas de logísticas;
  • Indústrias de autopeças;
  • Prestador de serviços em geral;
  • Indústrias de segmentos diversos, como farmácia, agrícola, química, entre outras.

O que faz um técnico em mecânica para ter uma formação completa

O primeiro passo para se tornar um Técnico em Mecânica é realizar um curso técnico. Este curso tem duração média entre 8 meses a dois anos, dependendo da escola em que se faz. 

Assim, o curso certifica o profissional para exercer esta função. Em resumo, o curso certifica o profissional para planejar e controlar equipamentos industriais e automotivos.

Deste modo, no curso você encontra matérias como, por exemplo:

  • Sistema hidráulico, elétrico e pneumático;
  • Automação;
  • Desenho Técnico;
  • Segurança no Trabalho;
  • Planejamento de Controle e Produção;
  • Processos de Fabricação Mecânica;
  • Manutenção de Mecânica Aplicada;

Enfim, o curso é perfeito para quem gosta de máquinas e quer dominar este universo. 

Pois, após a conclusão do curso, o profissional está apto para o desenvolvimento e manutenção mecânica, para elaborar ações preventivas e corretivas de equipamentos como também medir, testar e supervisionar sistemas e máquinas em geral.

Mas, você ainda pode estar se perguntando sobre o valor deste curso, não é? 

Saiba que o valor da mensalidade também varia muito conforme o lugar que estudará, entretanto, você encontra a mensalidade deste curso entre 130 reais a 420 reais, segundo informações do site Quero Bolsa.

Além disso, várias instituições oferecem este curso, como o SENAI, a Escola Politécnica Brasileira e o CPET. Assim, basta escolher a escola mais próxima de você, ou optar pelo curso EAD, pois, apesar de não ser muito conhecido, existe nesta modalidade, ofertado, por exemplo, na Universidade Cruzeiro do Sul.

Técnico em mecânica: carreira

Para quem deseja crescer seguindo esta área, é possível optar, após a conclusão do curso técnico, por fazer um curso de especialização ou partir para uma graduação.

Desta forma, existem vários cursos de especialização para quem deseja aprofundar seus estudos e aumentar o conhecimento, como, por exemplo:

  • Fresador  Mecânico;
  • Desenhista Mecânico;
  • Mecânico de Automóveis Leves;
  • Mecânicos de Bombas Hidráulicas;
  • Especialização em Máquinas Agrícolas;
  • Refrigeração Comercial;
  • Torneiro Mecânico;
  • Programador de Manutenção;
  • Soldagem;
  • Usinagem;
  • Metalúrgica;
  • Entre outros.

Já para quem deseja partir para um curso superior e seguir no ramo, pode optar pelas seguintes graduações:

  • Bacharelado em Engenharia Mecânica;
  • Engenharia Aeronáutica;
  • Curso superior de Tecnologia em Fabricação Mecânica;
  • Engenharia de Produção;
  • Engenharia Metalúrgica.

Enfim, se especializar é enriquecer seu currículo e aumentar seu conhecimento, isso impulsiona sua carreira profissional e, consequentemente, você consegue um salário ainda melhor na área.

Este artigo foi útil para você? 

Então, se você gosta de temas sobre o mercado de trabalho, procura vagas de emprego e quer ter uma carreira profissional de sucesso, continue vendo nossos conteúdos no site Classificados de Emprego.

Escreva um Comentário