Programa Jovem Aprendiz: Entenda como funciona e como ingressar de forma mais fácil nas empresas

Programa Jovem Aprendiz oferta a primeira oportunidade de emprego aliada à aprendizagem da profissão para jovens brasileiros, além de levar diversos benefícios às empresas contratantes

O mercado de trabalho atual está em busca quase sempre daqueles que já tenham experiência prévia na área desejada. Para isso existe o Programa Jovem Aprendiz, que é voltado para essa questão, além de possibilitar novos conhecimentos, tanto de forma teórica, como prática. Além disso, o Programa Jovem Aprendiz ajuda os jovens que estão em situação de vulnerabilidade.

Saiba quais as vantagens do programa Jovem Aprendiz para as empresas

Primeiramente, é possível treinar um colaborador dentro dos padrões exigidos pela empresa. Levando em consideração sua falta de experiência anterior, através do programa, o jovem acaba tendo mais facilidade em adequar-se as políticas internas.

Uma outra vantagem é que o grupo envolvido no programa, possui analistas de acompanhamento, assistentes sociais e psicólogos sociais. Esses profissionais são responsáveis por interagirem com o colaborador na empresa e com seus familiares, ajudando-o em seu crescimento pessoal, além de dar suporte em sua formação como profissional.

Lei de Aprendizagem

É de suma importância lembrar de dois pontos estabelecidos pelo Programa de Aprendizagem Profissional, instituído pela Lei de Aprendizagem (Lei no 10.097/2.000): o primeiro ponto está associado aos direitos do aprendiz, que incluem 13º salário, jornada de trabalho menor do que em um emprego efetivo, férias remuneradas, dentre outros.

Já o segundo ponto está relacionado à empresa, pois pela Lei da Aprendizagem, as empresas nacionais, seja médio e/ou grande porte, devem contratar jovens aprendizes em cotas, que podem variar entre 5% e 15% do total do seu quadro de funcionários.

A Lei de Aprendizagem também é responsável por estabelecer que o contrato de aprendizagem tenha duração de pelo menos 2 anos, e ao longo desse período a empresa precisa ofertar ao jovem aprendiz toda a capacitação necessária para que o mesmo possa realizar suas tarefas. Geralmente, grandes empresas buscam os serviços de capacitação do Senai e Senac.

Como enriquecer o currículo?

Sem dúvidas, não é tão difícil fazer um currículo para jovem aprendiz, nem mesmo para quem não possui  experiência profissional para relatar. É importante colocar onde estudou e/ou cursos que fez, inclusive cursos online.

Veja mais a seguir sobre como elaborar um bom currículo de jovem aprendiz ou simplesmente melhorar o que você já tem:

Escolaridade do Jovem

Após o nome e telefones para contato, a escolaridade é uma das informações mais importantes que você precisa fornecer – e de preferência, fornecer de modo correto e sempre atualizado. Fornecer dados como o nome da instituição de ensino, o curso que você faz, se ainda está ou não cursando.

Principais objetos

Coloque “jovem aprendiz”, na tag onde é perguntado qual seu objetivo, para que seu currículo seja encontrado com muito mais facilidade pelas empresas que estiverem procurando alguém como você.

Erros de português

É importante ficar atento aos erros de português, durante a construção de seu currículo. Por isso, em caso de dúvida, consulte um dicionário, uma gramática, seu professor ou, se for possível, verifique na internet.

Cursos complementares e cursos online

Nessa parte, relate sobre todos os cursos que tenha feito, seja presencial ou online. Informática, Idiomas, dentre outros, é interessante listar, mesmo que seu nível seja básico. Cursos online também são válidos, tais como marketing digital, administração, programação de softwares, gestão profissional e pessoal (GPP), dentre outros.

Participação em palestras

As palestras e orientações que você assistiu também são muito importantes. Fale brevemente sobre elas, quando ocorreram e, se achar necessário, diga que tipo de conhecimento elas agregaram em sua vida.

Atividades complementares ou extracurriculares

Atividades complementares ou extracurriculares também são ótimas para complementar o currículo de um jovem aprendiz. Se você criou um aplicativo ou o rascunho de um, se montou uma empresa, participou de um evento na escola ou se faz um trabalho voluntário, é importante listar para enriquecer o currículo.

One Response

  1. André de Souza Souza 12 de maio de 2022

Escreva um Comentário