Descubra Quanto Ganha um Jovem Aprendiz, Requisitos e Benefícios

Quanto ganha um jovem aprendiz é uma das dúvidas mais comuns entre os jovens que possuem  interesse em ingressar no programa. Você é um deles?

Pesquisas do portal CNN Brasil afirmam que a procura por profissionais entre 18 e 24 anos, direcionadas para as vagas no modelo de Jovem Aprendiz cresceu cerca de 225% no ano de 2021.

Deste modo, percebemos que o cenário encontra-se positivo para os jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho pelo programa Jovem Aprendiz. 

Afinal, as empresas buscam esses jovens, que por se encontrarem ainda em aprendizagem, recebem salários mais baixos que outros profissionais.

Por isso, neste artigo, você poderá saber o que é o programa Jovem Aprendiz, que requisitos são exigidos para participar do programa, quais os benefícios dele e, por fim, quanto ganha um Jovem Aprendiz. Confira!

Vagas de Jovem Aprendiz:

O que é o Jovem Aprendiz?

O Jovem Aprendiz é um programa nacional feito para acelerar a economia do país, o projeto foi criado pelo Governo Federal a partir da Lei da Aprendizagem – Lei 10.097/00. 

Em resumo, o projeto visa estimular empresas e instituições a contratar jovens de 14 a 24 anos e pessoas com necessidade especiais, sem limite de idade. 

Desta maneira, essas pessoas terão mais oportunidades de aprendizagem profissional e ainda um empurrão para a entrada do mercado de trabalho formal.

Desta forma, esses profissionais não podem ultrapassar uma jornada diária de 6h, com exceção em casos de que o jovem já tenha finalizado o ensino médio. Todavia, precisa-se considerar o tempo destinado aos estudos em qualquer um dos casos.

Assim, mais do que colocar jovens para trabalhar, as empresas e as instituições que oferecem vagas para esses profissionais precisam, também, ofertar cursos de aprendizagem qualificados, pois, um dos maiores objetivos do programa é a preparação do jovem para uma determinada função ou cargo.

Requisitos do programa Jovem Aprendiz

Como um programa criado e estabelecido pelo Governo Federal, o Jovem Aprendiz não é destinado a todos, certamente, é preciso cumprir alguns requisitos para participar do programa. Confira quais são a seguir:

  • Ter a idade entre 14 a 24 anos;
  • Pessoas com deficiência sem limite de idade;
  • Matriculado no ensino médio ou fundamental, ou já ter o diploma de conclusão do ensino médio;
  • Preferência para alunos de escola pública ou alunos com bolsa em escola privada;
  • Ter carga horária disponível de 4h a 6h diárias;
  • Não ter nenhum registro anterior na carteira de trabalho.

Além desses requisitos obrigatórios, ter boas notas na escola é um fator que os recrutadores valorizam, além disso, cursos de informática, inglês ou outros diplomas de cursos profissionalizantes também são bem cotados na seleção desses profissionais.

Benefícios do programa Jovem Aprendiz

Com o programa Jovem Aprendiz, além dos jovens ganharem mais oportunidades na inclusão no mercado de trabalho, desenvolvem também habilidades fundamentais para ingressar no mundo corporativo.

Contudo, esses benefícios não param por aí, confira a seguir os benefícios que todo Jovem Aprendiz tem direito:

  • Salários concordantes ao mercado de trabalho;
  • Assistência médica e odontológica;
  • FGTS;
  • 13º salário;
  • Férias remuneradas;
  • Vale-refeição;
  • Vale-transporte;
  • Vale-alimentação.

Ademais, existem grandes chances do jovem ser efetivado na empresa após o seu período no programa, como também, a possibilidade de obter diferentes experiências profissionais em médias e grandes empresas.

Porém, você sabia que o programa Jovem Aprendiz, criado em 2000, também oferece benefícios às empresas que contratam profissionais nesta categoria?

Isso mesmo, confira alguns deles a seguir:

  • Desenvolvimento do perfil profissional desejado pela empresa;
  • auxilia no combate a evasão escolar e ao trabalho infantil;
  • formação de profissionais conforme a cultura organizacional;
  • pagamento de apenas 2% do FGTS;
  • isenção de multa de rescisão;
  • dispensa de aviso prévio remunerado;
  • rejuvenescimento do ambiente de trabalho com jovens motivados.

Deste modo, o programa Jovem Aprendiz  apresenta-se como um programa profissional bem completo, pois, é interessante para ambos os lados, tanto para o profissional como para a empresa, não é mesmo?

Além disso, conforme o artigo 429 da CLT, os estabelecimentos de qualquer natureza são obrigadas a contratar e matricular aprendizes em cursos de aprendizagem, em percentual mínimo de cinco e máximo de quinze por cento em funções que exijam formação profissional.

Ou seja, em termos numéricos, toda empresa que possui pelo menos 7 funcionários que demandam educação profissional ficam obrigados a contratar jovens aprendizes.  Já para empresas de pequeno porte ou microempreendedores a contratação é facultativa.

Mas, afinal, quanto ganha um Jovem Aprendiz?

Quanto ganha um jovem aprendiz

Quanto ganha um jovem aprendiz

Finalmente, a dúvida de muitos jovens é quanto ganha um Jovem Aprendiz, não é mesmo?

O salário do Jovem Aprendiz é regulamentado pela Constituição das Leis Trabalhistas (CLT), o que garante todos os benefícios que citamos acima. 

Desta maneira, o salário pode variar, mas, em média, um jovem aprendiz que trabalha 24h semanais, recebe R$ 711,55.

Entretanto, vale ressaltar que o Ministério de Trabalho e Emprego estipula um valor mínimo de salário para o Jovem Aprendiz, deste modo, a empresa nunca poderá pagar um valor menor que este pré-estipulado. 

Desta maneira, disponibilizamos uma tabela salarial elaborada pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Veja:

  • R$4,26 por hora;
  • RS 440, 19 por 20h semanais;
  • R$ 660,30 por 30h semanais;
  • R$ 880,38 por 40h semanais;
  • R$ 537,90 por 20h semanais aos jovens aprendizes em bancos;
  • R $806,85 por 40h semanais aos jovens aprendizes em bancos.

Ademais, lembramos que um jovem aprendiz não pode ser contratado para trabalhos noturnos, das 22h às 5h, nem ultrapassar 8h diárias de atividades práticas, sendo 6h diárias para jovens que ainda não terminaram o ensino fundamental I ou II.

Dicas Finais 

Agora que você já sabe quanto ganha um Jovem Aprendiz, confira como aumentar suas chances de ser escolhido para trabalhar nas diversas empresas que ofertam  vagas para este programa.

Primeiramente, saiba que os recrutadores escolhem seus candidatos através do currículo, por isso é importante que o seu esteja completo e bem apresentado. Assim sendo, é fundamental que você tenha um currículo claro, objetivo e qualificado para a vaga.

Se você ainda não tem um currículo bem organizado, confira nossas dicas e comece a fazer o seu. Confira também nossos modelos prontos de currículos, eles podem te ajudar neste desafio.

Jovens organizados têm mais chances de serem escolhidos para vagas disponíveis, o que pode ser visto tamb por meio do currículo.

Mas, o gerenciamento do tempo, entre estudo e trabalho é uma questão que merece atenção, pois essa é uma característica necessária para qualquer um que queira ser um Jovem Aprendiz.

Além disso, seja criativo, interessado e engajado com sua aprendizagem, afinal, este é o maior objetivo do programa: o incentivo à aprendizagem profissional além da inclusão no mercado de trabalho.

Veja Também:

Portanto, se você cumpre os requisitos exigidos no programa Jovem Aprendiz aproveite as vagas oferecidas pelas empresas. Para isso, confira em nosso site Classificados de Emprego, as vagas disponíveis para quem tem interesse  em ser um Jovem Aprendiz. 

Avalie Esta Postagem

Leave a Reply