Trabalhe no exterior: Reino Unido está contratando mais de 200 mil médicos, enfermeiros e cuidadores brasileiros para seu sistema público de saúde

O Reino Unido está sofrendo com a ausência de profissionais no sistema público de saúde, desse modo está ofertando mais de 200 mil vagas de emprego para quem quiser trabalhar no exterior

O Sistema público de saúde do Reino Unido, o National Health Service (NHS), está sofrendo com a falta de profissionais e a única solução será o recrutamento internacional. Sendo assim, a entidade está ofertando mais de 200 mil vagas de emprego para aqueles que planejam trabalhar em outros países. Os empregos estão abertos para profissionais brasileiros que planejam trabalhar no exterior.

Leia também: Jovem Aprendiz Macapá 2022: Benefícios, Requisitos e Inscrições

Vagas disponíveis para brasileiros que queiram trabalhar no exterior

O sistema público de saúde do Reino Unido começou a fazer o recrutamento no Brasil neste ano e ajudará os candidatos em cada passo do processo de imigração e contratação para as vagas de emprego. De acordo com o CEO da empresa, Thomas Jay, a empresa está muito feliz por começar este trabalho no país. Mais do que nunca, os profissionais da saúde merecem respeito e reconhecimento pelo seu esforço e resiliência.

Devido à pandemia, o sistema público de saúde do Reino Unido acumulou mais de 6 milhões de procedimentos atrasados. Com o Brexit, diversos profissionais de saúde da Europa tiveram que se retirar do país.

Com a população envelhecendo, a necessidade de novas vagas de emprego no setor da saúde deve ficar cada vez maior. De acordo com o executivo, as vagas de emprego estão distribuídas entre:

30.000 vagas para médicos: profissional que busca diagnosticar, tratar e curar pessoas doentes. Esse profissional pode indicar tratamentos à base de remédios, realizar procedimentos cirúrgicos e pedir exames de saúde.

130.000 vagas para enfermagem (enfermeiros e técnicos de enfermagem) e estima-se que o governo atual deva gerar mais 50.000 empregos no setor. Enfermeiros: Responsáveis por efetuarem triagens, oferecer os primeiros atendimentos, preencher prontuários, entre outros.

105.000 vagas para cuidadores enfermeiros em asilos.

Salários para as vagas de emprego disponíveis no Reino Unido podem chegar a R$ 25 mil

Os salários no sistema público de saúde do Reino Unido estão hoje, inicialmente, na casa dos R$ 25 mil para os médicos, que no Brasil está na casa dos R$5 mil, e R$ 17.500 para enfermeiros, que no Brasil está na casa dos R$ 3,5 mil. A agência conta com uma licença para administrar o processo de imigração e oferta gratuitamente para os candidatos.

O NHS paga todos os custos do serviço para os profissionais que querem trabalhar no exterior, incluindo taxas de visto e prova de inglês, que são reembolsadas já no primeiro salário. Para médicos e enfermeiros, os primeiros três meses e custos de passagens também serão pagos pelo NHS e a agência. Todo este processo deve levar cerca de seis meses.

Os interessados em concorrer às vagas de emprego do sistema público de saúde e trabalhar no exterior, devem se cadastrar no site de recrutamento da empresa utilizando o Nome Completo, E-mail, Telefone, Whatsapp, País de residência, Cidade, Cargo, Anos de experiência, Nível de inglês, entre outros dados. A empresa também oferece:

  • Rede de suporte contínua no Reino Unido: A empresa entende que estar em um novo país pode ser assustador de início, mas com a NHS você nunca está sozinho;
  • Processamento de vistos para garantir que você possa ter certeza de seu status legal;
  • Correspondência de trabalho personalizada para conseguir seu novo emprego no Reino Unido;
  • Cursos para prepará-lo para sua vida no Reino Unido.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Conheça o National Health Service

O NHS é o nome habitualmente utilizado para se referir aos quatro sistemas públicos de saúde do Reino Unido. Todos foram criados por legislações separadas e começaram a funcionar em julho de 1948.

Antes disso, serviços públicos de saúde eram operados por autoridades locais e outras entidades. A responsabilidade pelos serviços de saúde no País de Gales passou para a Secretaria de Estado para o País de Gales em 1969.

Grande parte do financiamento do NHS vem do setor público, principalmente de impostos gerais, com uma pequena contribuição do sistema de Seguridade Social.

Sendo assim, o sistema público inglês conta com fontes de financiamento parecida com a do SUS. Em relação à porcentagem do PIB gasta em saúde, esta ainda é menor aos de outros países da OECD.

Escreva um Comentário