CVC oferece 350 vagas home office para trabalhar no conforto de casa

A CVC está passando por uma alta demanda em seu setor de atendimento devido à casos da nova variante Ômicron, sendo assim, está oferecendo 350 novas vagas home office para quem deseja trabalhar em casa

A CVC Corp está ofertando 350 vagas home office para quem deseja trabalhar em casa. A grande maioria das vagas são voltadas para reforçar o atendimento da empresa. As novas oportunidades são focadas na unidade de negócios B2B, que atende cerca de 10 mil agências, e também para o setor de operações, responsável por toda a viagem do cliente. Tendo em vista que as oportunidades são para trabalhar em casa, podem s inscrever candidatos de todo o Brasil.

Leia também: Take Blip oferece 10 mil vagas em cursos gratuitos online e EAD para formação de novos programadores sem a necessidade de processo seletivo

Como se candidatar às vagas home office da CVC?

Os interessados em se candidatar nas oportunidades devem acessar o site de vagas de empresa e selecionar a oportunidade desejada. As oportunidades ofertadas são as seguintes:

  • ENGENHEIRO (A) DE DADOS SR.
  • ANALISTA ADMINISTRATIVO JR – CONTRATOS
  • OPERADOR
  • DESENVOLVEDOR (A) BACK END SR 

Após selecionar uma das vagas de emprego home office, os candidatos devem ler atentamente a todos os requisitos e exigências da CVC. Para a candidatura será necessário um cadastro na plataforma de vagas da companhia e preencher dados como nome completo, E-mail, CPF, entre outros. Além de anexar um currículo.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Saiba o motivo da abertura de novas vagas para trabalhar em casa

O presidente da CVC Corp, Leonel Andrade, que está no cargo há quase dois anos, não pretende se arriscar com previsões para o setor do turismo neste ano. O executivo assumiu a empresa em abril de 2020 e foi obrigado a colocar seus funcionários para trabalhar em casa devido à quarentena. Leonel afirma que todas as previsões ligadas à covid-19 estavam erradas.

O executivo afirma que fazer uma previsão é difícil e a única certeza que há no momento, é que a pandemia passará e até agora, se preparar é a melhor opção.

A CVC está trabalhando duro para quando tudo voltar ao normal, entretanto o CEO vê que o atual momento ainda está longe de voltar ao que era antes. O aumento de casos da nova variante, Ômicron, está impactando diretamente a operadora em grandes proporções.

O caso mais recente ocorreu na última semana, quando um cruzeiro foi cancelado enquanto já estava sendo realizado o embarque.

Cerca de 1,2 mil passageiros eram clientes da CVC. Além disso, quando as companhias aéreas cancelam voos, os canais de comunicação da empresa se sobrecarregam devido à alta demanda de clientes buscando por uma solução. Nas lojas físicas espalhadas pelo país, consumidores chegam com novas exigências em relação aos protocolos de saúde e segurança e também com perguntas sobre a pandemia, que ainda é incerta.

Sendo assim, a empresa está ofertando diversas vagas home office para atuar no entendimento. Andrade afirma que, além de ser uma solução de emergência, também é um investimento que olha o futuro e estima que esse será o ano de mais investimentos da empresa.

Modelo híbrido poderá ser o futuro da CVC

Com um escritório situado em Santo André (SP) e agências presentes em todo o país, a empresa teve que sofrer algumas mudanças. Uma delas foi a flexibilização para contratar profissionais de outros estados além de São Paulo. Foi necessário garantir a saúde tanto de colaboradores, quanto de franqueados e clientes, e foi assim que Andrade precisou “correr” para conseguir adaptar toda a operação para trabalhar em casa.

O executivo afirma que, desde que entrou para o cargo, esteve presente apenas dez vezes na sede, isso sem contar suas visitas às lojas.

Mesmo com as vagas home office aprovadas tecnicamente, tanto em ganhos, agilidade de comunicação e toda a operação, o executivo afirma que o setor comportamental foi muito perdido.

Andrade afirma que é complicado para conhecer os colaboradores e entender seu comportamento para tomada de decisões. Atualmente há pouca convivência, o que não é bom. Entretanto, antes de mais nada é visto o lado da saúde e a CVC se prepara para o que acontecerá com a retomada.

Agora, entre o totalmente remoto e totalmente presencial, o executivo acredita que será encontrado um equilíbrio das duas modalidades: a forma híbrida. Andrade explica que na sede, foram mudados protocolos e estações de trabalho para uma forma bem mais flexível.

Os colaboradores irão ao escritório de duas a três vezes na semana e o restante dos dias irão trabalhar em casa. Serão poucos os colaboradores que atuarão no escritório todos os dias.

Escreva um Comentário