CAIXA vai liberar Auxílio de R$ 1.000 e R$ 3.000, Veja como se inscrever!

A Caixa está liberando um novo auxílio para pessoas físicas e jurídicas. O auxílio da Caixa Econômica Federal pode liberar até R$ 1 mil para pessoas físicas e R$ 3 mil para Microempreendedores Individuais (MEIs), confira os detalhes. 

O Auxílio da Caixa de R$ 1 mil para pessoas físicas já está sendo liberado aos trabalhadores. A Caixa Econômica Federal está recebendo inscrições dos interessados no benefício, desta forma, durante este mês de maio não será diferente. É importante ressaltar que o novo auxílio da Caixa também libera os valores para Microempreendedores Individuais (MEIs) e, além disso, esse grupo em específico pode receber benefícios de até R$ 3 mil. A liberação da nova oferta faz parte do programa de Simplificação de Microcrédito Digital para Empreendedores, conhecido como SIM Digital. Esta liberação ocorreu após medida do presidente Jair Bolsonaro.

Detalhes importantes sobre o novo auxílio da Caixa Econômica Federal 

O novo auxílio de R$ 1 mil tem como objetivo contemplar pessoas físicas e, sendo assim, poderá gerar benefícios até mesmo para aqueles que possuem seu nome nos órgãos de proteção de crédito como Serasa e SPC.

Além disso, microempreendedores individuais terão direito ao benefício. De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, 80% das solicitações de empréstimo do sistema do Caixa Tem foram feitas por pessoas que estão com o nome negativo. 

Os números ainda mostram que cerca de 83% das solicitações feitas até então, partiram de pessoas que estão com nome sujo, sendo cidadãos que possuem alguma dívida em aberto. Vale lembrar que o sistema de empréstimo do Caixa Tem também traz a chance que o cidadão negativado ainda solicite o saldo de até R$ 3 mil. 

No caso do Auxílio de R$ 1 mil, o valor é liberado para pessoas físicas como citado antes. Em relação às taxas de juros, as pessoas físicas podem pegar os valores com taxa de 1,95% mensais, já os MEIs com 1,99% mensais.

Vale lembrar que o meio de contratação do auxílio da Caixa será diferente entre os dois grupos. É importante frisar que no caso dos MEIs, o valor deve ser gasto no negócio, como capital de giro, para compra de insumos, equipamentos, visando expandir a produção, por exemplo.

Como deverá ser feita a contratação do auxílio?

A contratação do novo auxílio da Caixa Econômica Federal pelas pessoas físicas deve ser feita por meio do aplicativo Caixa Tem, disponível para download gratuito nos sistemas Android e iOS.

Para os Microempreendedores Individuais, a contratação do auxílio deve ser feita em qualquer uma das agências da Caixa e o como requisito, o microempreendedor deve ter, pelo menos, 1 ano de faturamento com seu CNPJ.

As pessoas físicas poderão dividir o empréstimo em até 24 meses. Vale lembrar que até mesmo quem está com nome sujo poderá participar do programa.

A quantidade de parcelas para os MEIs é a mesma, 24 meses com juros um pouco maiores sendo de: 1,99%. É importante ressaltar que, no caso dos Microempreendedores Individuais, só podem participar do programa da Caixa, aqueles que tenham uma receita bruta de até R$ 360 mil por ano.

Como baixar e utilizar o Caixa Tem?

O Caixa Tem foi feito para facilitar o acesso de todos os brasileiros a transações bancárias e serviços. Com ele, é possível ter uma conta gratuita para utilizar no dia a dia, podendo mandar e receber dinheiro, pagar contas, poupar, receber pagamentos e transferências via Pix.

Após baixar o aplicativo por meio da Play Store ou Apple Store, o usuário deverá realizar a atualização cadastral no Caixa Tem.

Para isso, o aplicativo solicita que o usuário mande fotos do documento de identidade, assim como uma selfie de rosto e informe sua renda mensal.

Já os MEIs, devem realizar seus pedidos nas agências e para contratar, o cidadão deve possuir uma conta na Caixa, ter mais de 12 meses de faturamento como MEI, apresentar comprovante de residência, documentos da empresa e pessoais.

Escreva um Comentário