Marinha do Brasil está com 686 INSCRIÇÕES ABERTAS em Concurso para Aprendiz de Marinheiro com foco em homens e mulheres de todo o Brasil

A Marinha do Brasil está com inscrições abertas para o seu concurso de Aprendiz de Marinheiro em diversos estados do país. Aqueles que foram aprovados, além do curso, ainda contarão com um auxílio de mais de R$ 1,3 mil

A Marinha do Brasil está com inscrições abertas para seu concurso de aprendiz de marinheiro. Ao total são 686 vagas e os aprovados estudarão em uma das quatro escolas de aprendizes de marinheiro, contando ainda com a bolsa auxílio de R$ 1.303. Desse total de vagas, 510 são voltadas para homens e 38 para mulheres na ampla concorrência. Há também, 138 vagas voltadas para cota de negros em concursos, onde 128 são voltados para homens e 10 para mulheres.

Entenda  como funcionará o curso de Aprendiz de Marinheiro

O curso será ministrado pela escola de aprendizes-marinheiros do Ceará, Pernambuco, Santa Catarina e Espírito Santo em formato de internato e com duração de 48 semanas, o que equivale a cerca de 11 meses.

O curso contará com duas etapas, sendo a primeira no grau hierárquico de Aprendiz de Marinheiro focado na formação militar-naval e a segunda no grau hierárquico de Grumete, que tem como foco a especialização inicial e continuada em áreas como eletrônica, apoio ou mecânica.

Para participar do concurso da Marinha do Brasil é necessário ter 18 anos completos e ser menor de 22 anos até o dia 30 de junho de 2023. O concurso aceita apenas brasileiros natos ou naturalizados que tenham concluído ou estão prestes a concluir o terceiro ano do ensino médio, que não possuem antecedentes criminais, não sejam casados, não tenham filhos e que permaneçam assim durante todo o curso.

Como se inscrever no concurso da Marinha do Brasil?

Aqueles que atenderem aos requisitos citados acima devem realizar a inscrição na página da Marinha do Brasil até o dia 10 do próximo mês.

Para inscrição será necessário pagar uma taxa de R$ 40 até o dia 14 do mesmo mês. A Marinha solicita durante  a inscrição dados como nome completo, CPF, identidade, endereço completo, CEP, data de nascimento, sexo, estado civil, nível de escolaridade, e-mail, entre outros.

De acordo com o edital é necessário que os candidatos deem prioridade para os bancos Santander, Caixa econômica, Itaú, Banco do Brasil e Bradesco para o pagamento da taxa de inscrição no concurso de Aprendiz de Marinheiro.

Os candidatos que estão inscritos no CadÚnico ou são doadores de medula óssea podem solicitar isenção de taxa até o mês de abril. Para ter a isenção aprovada é necessário enviar todos os documentos exigidos pela Marinha do Brasil, seguindo todas as orientações descritas no edital.

CLIQUE AQUI PARA REALIZAR SUA INSCRIÇÃO

Saiba como funcionará o processo seletivo para o concurso de Aprendiz de Marinheiro

O processo seletivo para o curso gratuito da Marinha do Brasil é composto pelas seguintes etapas:

Prova objetiva de caráter classificatório e eliminatório, verificação de dados biográficos de caráter eliminatório, teste de aptidão física para entrar no curso de caráter eliminatório, inspeção de saúde de caráter eliminatório, avaliação psicológica de caráter eliminatório, procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração de caráter eliminatório e verificação de documentos de caráter eliminatório.

A prova objetiva acontecerá no dia 5 de junho nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará, Pernambuco, Maranhão, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Distrito Federal e Amazonas.

A prova é composta por 50 questões onde 15 delas são de português, 15 de ciências (Física e química), 15 de matemática e 5 de língua inglesa.

Para ser aprovado no concurso é necessário obter uma nota igual ou superior a 35 ou nota igual ou superior a 10 em matemática, português e ciências. Já em relação ao gabarito para o concurso da Marinha do Brasil para Aprendiz de Marinheiro, este será divulgado na segunda quinzena de junho por meio do site da Marinha e também através das Organizações Responsáveis pela Execução Local (OREL).

Escreva um Comentário