Ministério da Saúde está oferecendo 200 mil vagas em cursos gratuitos para formar novos profissionais

Ministério da Saúde ao lado da Universidade federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) está disponibilizando diversas vagas em cursos gratuitos para agentes de saúde de todo o Brasil.

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) fechou uma parceria com o Ministério da Saúde e o conselho nacional das secretarias municipais de saúde e está disponibilizando milhares de cursos gratuitos para a área de saúde. Os interessados podem se inscrever até o dia 18 de abril. Ao total estão sendo disponibilizadas 200 mil vagas de cursos gratuitos para técnico em agente comunitário em saúde e técnico em vigilância em Saúde com ênfase no combate às endemias.

Confira outros cursos gratuitos disponíveis:

Saiba mais sobre o programa de cursos gratuitos da UFRGS e Ministério da Saúde

As oportunidades foram desenvolvidas para capacitar agentes ativos no Sistema Único de Saúde (SUS). Diversas cidades do país aderiram ao programa Saúde com Agente. O intuito da iniciativa é gerar capacitação aos agentes comunitários de saúde para que a qualidade do serviço de atenção primária aos brasileiros seja aprimorada.

Os dois cursos serão ministrados no formato híbrido e contam com uma carga horária de 1.275 horas, o que é equivalente a cerca de 10 meses. Sendo assim, os alunos terão aulas em um ambiente virtual de aprendizagem e também participarão de atividades que acontecem presencialmente. Saiba mais sobre os cursos gratuitos do ministério da Saúde:

Técnico em agente comunitário de saúde:

Este curso visa capacitar profissionais para identificar, prevenir e controlar doenças e preparar pessoas para atuar em ações coletivas e individuais de saúde nas mais variadas regiões do Brasil.

Técnico em vigilância em saúde com ênfase no combate às endemias

Essa formação está totalmente ligada à estratégia de saúde de família (ESF), tendo em vista que o curso foca em informar técnicos capazes de promover saúde e combater doenças em grupos sociais em situação de vulnerabilidade.

Como realizar a sua inscrição nos cursos gratuitos do Ministério da Saúde e UFRGS?

Ministerio da Saude oferecendo 200 mil vagas em cursos gratuitos

Os candidatos interessados em se inscrever no processo seletivo devem ser agentes comunitários do SUS e ter formação no ensino médio completo. Aqueles que estão no último ano do ensino médio ou frequentando o mesmo no EJA também poderão participar do processo seletivo.

As inscrições ocorrem através da página oficial do programa Saúde com Agente. É preciso preencher um formulário para cadastramento com dados pessoais como número do cartão nacional do SUS, CPF, e-mail, endereço e vários outros. Também será necessário informações sobre o trabalho como tempo de experiência tipo de população onde atuou e município.

Os candidatos para os cursos gratuitos do Ministério de Saúde e UFRGS devem anexar os documentos digitalizados e não será necessário o pagamento de nenhuma taxa. Serão necessários documentos como cartão nacional de saúde, comprovante de vinculação ao Sistema Único de Saúde, certificado de conclusão de ensino médio e histórico escolar. Os documentos devem ser anexados em forma de arquivo digitalizado como PDF, JPG ou JPEG.

Após enviar a inscrição será criado para o candidato na plataforma  um comprovante de inscrição com dados que foram preenchidos no formulário de inscrição e a lista dos documentos anexados. Vale lembrar que antes de enviar a inscrição, o candidato deverá conferir as informações preenchidas no formulário, assim como os documentos anexados para que não haja nenhum contratempo.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

Fique por dentro das datas estabelecidas pelo Ministério da Saúde e UFRGS

As inscrições para o processo seletivo foram abertas no dia 14 de março e podem ser realizadas até o dia 18 de Abril. O resultado preliminar sairá no dia 9 de maio e o período para entrar com recurso será do dia 10 a 11 do mesmo mês.

O resultado final será divulgado no dia 23. Vale lembrar que o processo seletivo tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano. Nos dois cursos é necessário contar com uma frequência mínima de 75% para conseguir aprovação e certificado.

Escreva um Comentário