Saiba como Atualizar os seus dados do CadÚnico sem sair de casa, faça tudo pela internet

Está na dúvida de como atualizar os seus dados no Cadastro Único? Então saiba que é possível fazer isso sem sair de casa. A atualização de dados do CadÚnico pode ser feita tanto pelo site ou por aplicativo, confira!

O Cadastro Único ou CadÚnico é um banco de dados utilizado pelo governo federal, municípios e estados para disponibilizar benefícios sociais, como o Bolsa Família, Auxílio Brasil, isenção em concursos públicos, Tarifa Social de Energia Elétrica, BPC, e vários outros. Para ter acesso a benefícios como estes, os inseridos no Cadastro Único devem atualizar dados no máximo dois anos após a última atualização. Além disso, o governo federal realiza revisões constantes no banco de dados e, caso alguma informação desatualizada seja detectada, como mudança de um membro da família, falecimento e mudança de renda, o usuário é convocado para atualizar dados de cadastro também.

É possível atualizar dados do CadÚnico sem sair de casa?

Vale lembrar que a atualização também é essencial para que a família não seja excluída do Cadastro Único, algo que normalmente acontece após 4 anos sem atualização.

Aqueles que querem se cadastrar pela primeira vez no banco de dados ou informar alguma alteração na situação familiar, devem se dirigir a uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou outro órgão responsável pelos procedimentos no seu município.

Atualizar dados do CadÚnico por meio da internet só é possível quando não há nenhuma alteração a ser feita na situação familiar, como mudança de renda de um ou mais membros, falecimento, mudança de escola de membro menor de idade, entre outras. É possível atualizar dados de cadastro por meio do site do Cadastro Único ou através do aplicativo para smartphones.

Como atualizar as informações do Cadastro Único?

Para atualizar os seus dados do CadÚnico, acesse o site ou app, que está disponível na Apple Store ou Play Store. Surgirão algumas opções logo na primeira tela, sendo assim, selecione a opção “Atualização cadastral por confirmação”.

O usuário poderá fazer um login com o CPF e a senha da conta Gov.br. Feito isso, aparecerão os blocos de Endereço da Família e Composição Familiar. O recomendado é começar pelo bloco de Endereço da Família e depois passar ao de Composição Familiar.

O cadastrado deve conferir se todas as informações apresentadas continuam iguais. Na parte de Composição Familiar, o cadastrado será questionado se houve alguma alteração no número de membros da família.

Logo após, será necessário confirmar se os dados relativos a cada membro continuam inalterados. Feito isso, o usuário deve selecionar a opção em que confirma a veracidade das informações e por fim, deve clicar no botão “confirmar dados do Cadastro Único”.

No app do CadÚnico também é possível encontrar algumas outras opções para os usuários conferirem a situação do cadastro, se está ou não atualizado, emitir comprovante de cadastro, conferir quais benefícios podem ser disponibilizados para o usuário, fazer o pré-cadastro, tornando mais ágil um procedimento que poderia ser realizado presencialmente e também conferir os postos de atendimento mais próximos.

Saiba mais sobre o Cadastro Único – CADÚNICO

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é o instrumento de caracterização e identificação socioeconômica das famílias de baixa renda para a seleção de beneficiários e a integração dessas pessoas a programas desenvolvidos pelo governo.

A definição está no Decreto Federal nº 6.135, de 26 de junho de 2007, que regulamentou o CadÚnico. Famílias com renda mensal per capita de até meio salário mínimo ou que possuem renda mensal de até três salários mínimos podem ser cadastradas nesse banco de dados por órgãos e atores da rede proteção.

A inclusão permite que estas pessoas tenham acesso às políticas públicas de assistência social disponíveis pelo estado. O CadÚnico também inclui informações de escolaridade, situação de trabalho e renda e de moradia das famílias, além de informações para a identificação das pessoas. Além disso, também possui um item que tem como objetivo apurar se as famílias adotam o trabalho infantil.

Escreva um Comentário